ANÁLISE DOS LEILÕES DE ENERGIA EÓLICA BRASILEIRA NO PERÍODO DE 2009 A 2017

  • Amadeus Costa UNESC
  • Jamil Haddad Universidade Federal de Itajubá
  • Roberto Akira Yamachita Universidade Federal de Itajubá

Resumo

Com as variações climáticas a conversão energética hidráulica, que é predominante no Brasil, fica comprometida  impactando na geração de energia elétrica. Nesse cenário a geração eólica apresenta vantagens para ser implementada no país. Objetivando analisar os contratos firmados nos leilões de energia eólica no Brasil entre 2009 e 2017, foi realizada uma pesquisa exploratória considerando os aspectos técnicos, econômicos e regulatórios. Revelando os impactos positivos como: uma maior geração no período em que os níveis dos reservatórios das usinas hidroelétricas estão em baixa; vagas  de emprego ; menor custo de venda; baixo impacto ambiental. Como impacto negativo, tem-se o descumprimento na entrega da energia na data estipulada. No período analisado, foram comercializados 11.553 contratos da fonte energética eólica. Destes, 521 contratos não entraram na situação de geração, ou seja 4,5% do total. Isso corresponde a um montante de energia negociada na ordem de 95.027.305 MWh que não foram injetados na rede de transmissão, totalizando uma receita de R$ 15,76 bilhões, que equivale a 7,1% de toda a geração elétrica do Brasil no período em análise. Tal cenário ocasiona desequilíbrio nos setores de planejamento energético brasileiro, em que estes precisam acionar outros mecanismos de geração elétrica, como as termoelétricas, para suprimento da demanda. Prejudicando o consumidor final, que pagará por uma energia mais cara devido a maiores custos operativos. Quanto aos empreendimentos que ficarão sem o fornecimento de energia elétrica contratada em leilão, terão impacto na produção de bens ou serviços, reduzindo a manutenção e criação de novos postos trabalho.

Biografia do Autor

Jamil Haddad, Universidade Federal de Itajubá
Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual de Campinas. Professor titular da Universidade Federal de Itajubá. Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Planejamento Energético - SBPE e coordenador do Centro de Excelência em Eficiência Energética - EXCEN/UNIFEI.
Roberto Akira Yamachita, Universidade Federal de Itajubá
Doutorado em Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência pela Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI. Professor do Instituto de Sistemas Elétricos e Energia - ISEE, da Universidade Federal de Itajubá. Pesquisador e coordenador substituto do Centro de Excelência em Eficiência Energética - EXCEN/UNIFEI.
Publicado
2020-06-16
Como Citar
Costa, A., Haddad, J., & Yamachita, R. (2020). ANÁLISE DOS LEILÕES DE ENERGIA EÓLICA BRASILEIRA NO PERÍODO DE 2009 A 2017. Unesc Em Revista, 3(2), 18-35. Recuperado de http://revista.unesc.br/ojs/index.php/revistaunesc/article/view/134
Seção
Artigos