AVALIAÇÃO DE VITAMINA D NA POPULAÇÃO DE MARILÂNDIA

Autores

  • Dalilah Nunes Albani Centro Universitário do Espírito Santo-UNESC
  • Orlando Chiarelli Neto Centro Universitario do Espirito Santo

Palavras-chave:

Luz UVB, Vitamina D, Marilândia, Proteção Solar

Resumo

A vitamina D é um hormônio esteroide, fundamental para o funcionamento e desenvolvimento ósseo obtido através da dieta ou originado a partir exposição à luz ultravioleta B do sol. Este trabalho tem como foco analisar os valores de vitamina D da população de Marilândia–ES.  Sessenta e cinco amostras oriundas de pacientes suportados por TCLE aprovado pelo comitê de ética em pesquisa do UNESC (CAAE:66759517.3.0000.5062) foram analisadas através da técnica de quimioluminescente. A análise estatística foi realizada utilizando o teste ANOVA a p<0,05. Os gráficos foram construídos pelo programa Excel 2013. Os dados mostraram carência de vitamina D em 32% dos pacientes analisados visto que mais de 75% se expõem menos que duas horas/dia. Além da baixa exposição diária, o tipo de pele tem sido um fator relevante para insuficiência da vitamina D; 43% dos pardos (fototipo III) apresentaram insuficientes.  Apesar de 71% dos entrevistados não usarem diariamente o protetor solar, o estudo mostrou que 57% não absorvem a luz UV-B suficiente. Por isso da necessidade do profissional da saúde orientar sobre a fotoexposição solar ajustada ao fator de proteção (FPS) do protetor.  Isto é fundamental porque nossos dados também mostraram que 76% dos carentes em vitamina D não se expõem ao sol mais que 2 horas diárias. Os dados, portanto indicam que 1/3 da população de Marilândia amostrada corre risco de envelhecer com osteoporose e por isso deve-se propor estratégias emergenciais para o tratamento da população de risco.

Biografia do Autor

Dalilah Nunes Albani, Centro Universitário do Espírito Santo-UNESC

Bacharel em Farmácia pelo Centro Universitário do Espírito Santo-UNESC

Orlando Chiarelli Neto, Centro Universitario do Espirito Santo

Doutor em Bioquímica pela Universitade de São Paulo - USP

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2018-03-09

Como Citar

Albani, D. N., & Chiarelli Neto, O. (2018). AVALIAÇÃO DE VITAMINA D NA POPULAÇÃO DE MARILÂNDIA. Unesc Em Revista, 1(2), 13–26. Recuperado de http://revista.unesc.br/ojs/index.php/revistaunesc/article/view/22

Edição

Seção

Artigos